CETAM – Tomografia e Ressonância
Home | Blog | Saiba porque é tão importante ser um doador de sangue

Saiba porque é tão importante ser um doador de sangue

25 de Outubro de 2020

Doar sangue salva pessoas com doenças crônicas, pacientes em tratamento contra o câncer e vítimas de acidente

Com frequência, hemocentros realizam campanhas para estimular a doação de sangue, alertando para baixos estoques. Mas você sabe por que é tão importante ser um doador de sangue?

O sangue coletado é usado em pacientes que estão passando por diferentes tratamentos. Muitas vezes, são lembradas apenas as demandas de emergência, como pacientes que passam por cirurgias e feridos em acidentes.

Contudo, algumas condições demandam uma necessidade frequente por transfusões de sangue – em alguns casos, de forma permanente ao longo da vida.

Esse é o caso dos pacientes com Doença Falciforme e Talassemia. Essas duas doenças raras demandam transfusão de sangue periódica. Esses pacientes precisam, justamente, do sangue que é doado nos hemocentros.

Pessoas em tratamento do câncer também precisam de doação de sangue. Isso porque medicamentos usados contra tumores destroem componentes sanguíneos e podem provocar anemia. Ao doar sangue, você pode estar ajudando uma pessoa que está enfrentando um câncer e lutando pela vida.

O sangue doado é centrifugado e pode produzir até quatro componentes – Concentrado de Hemácias, Concentrado de Plaquetas, Plasma Fresco Congelado e Crioprecipitado. Cada um desses componentes pode ser usado em pacientes com diferentes necessidades terapêuticas.

Saiba que uma única doação pode ajudar até quatro pessoas. Ao se tornar um doador frequente, portanto, você pode ajudar a salvar entre 12 e 16 vidas todo ano.

É preciso apenas respeitar o período mínimo recomendado entre doações. Homens podem doar a cada dois meses e mulheres a cada três meses.

Todos os tipos sanguíneos são importantes para a doação. Contudo, um tipo específico é considerado doador universal e pode ser recebido por qualquer pessoa - o tipo O negativo.

 

Requisitos para doação de sangue

Muitas pessoas deixam de doar sangue por medo do procedimento ou desconhecimento dos requisitos. Entenda quem pode doar e como se preparar para o procedimento.

  • Para doar sangue precisa estar em jejum? Não. É necessário estar alimentado e descansado para a doação. Contudo, é preciso evitar alimentos gordurosos nas três horas que antecedem a doação.
  • Fumantes podem doar? Sim, desde que a pessoa fique sem fumar pelo menos duas horas antes da doação. Para bebida alcoólica, é preciso evitar por 12 horas antes de doar.
  • Quem tem tatuagem pode doar? O Ministério da Saúde indica esperar no mínimo um ano após a realização da tatuagem para doação de sangue.
  • Até qual idade uma pessoa pode doar? Podem doar sangue pessoas entre 16 e 69 anos que pesem mais de 50 quilos.
  • Mulheres menstruadas podem doar? Sim, não há qualquer impedimento. Contudo, grávidas estão impedidas da doação, assim como mulheres no período pós-parto.

Onde doar sangue?

Bancos de sangue de hospitais e hemocentros recebem doações o tempo todo, independente da realização de campanhas. O Ministério da Saúde mantém uma página com os hemocentros de todo o país, com informações como endereço e telefone. Ela pode ser acessada por meio do https://antigo.saude.gov.br/saude-de-a-z/doacao-de-sangue.


VOLTAR
© 2020 CETAM Diagnóstico por Imagem
- Todos os direitos Reservados
Desenvolvido por AOX DIGITAL