CETAM – Tomografia e Ressonância
Home | Blog | Quais são as principais doenças masculinas

Quais são as principais doenças masculinas

13 de Fevereiro de 2020

A conscientização da população masculina acerca da saúde é um trabalho de extrema prioridade, que visa reduzir a negligência dos homens, principalmente no que diz respeito a saúde mental, infecções sexualmente transmissíveis (ISTs) e doenças crônicas, como hipertensão e diabetes, por exemplo.

Os dados do Ministério da Saúde revelam que o descuido com a saúde abrange desde pequenos hábitos da rotina, visto que quase 80% do público relata exceder regularmente no consumo de açúcar, sal ou gordura. Além disso, somente 35% se exercita pelo menos três vezes por semana, como recomenda a Organização Mundial da Saúde.

Mas quais são as maiores responsáveis pela mortalidade e incapacitação dos homens? Na leitura a seguir, você conhece as doenças mais recorrentes que acometem o público masculino. Confira!

Infarto agudo do miocárdio

Popularmente conhecido como ataque do coração, o infarto agudo do miocárdio pode chegar de repente e levar o paciente à morte. Ele acontece quando há a obstrução de uma das artérias coronárias que irrigam o coração. Por conta desses bloqueios nas artérias coronárias, o fluxo de sangue acaba sendo bloqueado por um período de tempo prolongado, que faz com que o músculo cardíaco fique sem oxigênio e as células cardíacas comecem a morrer.

Embora ela ocorra em ambos os sexos, os médicos já sabem que há uma predominância entre os homens, especialmente por conta de hábitos de vida e também do pouco cuidado com os exames preventivos.

Adotar hábitos saudáveis durante a rotina é a melhor forma de prevenção, visto que os maiores fatores de risco são o sedentarismo, a obesidade, o tabagismo, a hipertensão e o consumo excessivo de álcool.

Acidente Vascular Cerebral

O Acidente Vascular Cerebral, também conhecido como AVC, é outra doença que tem como origem um problema no sistema circulatório. Ele pode ocorrer tanto pelo rompimento de algum vaso quanto pelo seu entupimento, também ocorrido por conta do acúmulo de placas ateroscleróticas, provocando a paralisia da área cerebral que ficou sem circulação sanguínea. É uma doença que acomete mais os homens e é uma das principais causas de morte, incapacitação e internações em todo o mundo.

Quanto mais rápido for o diagnóstico e o tratamento do AVC, maiores serão as chances de recuperação completa. Desta forma, torna-se primordial ficar atento aos sinais e sintomas e procurar atendimento médico imediato.

Depressão

A Depressão (CID 10 – F33) é uma doença psiquiátrica crônica e recorrente que produz uma alteração do humor caracterizada por uma tristeza profunda, sem fim, associada a sentimentos de dor, amargura, desencanto, desesperança, baixa autoestima e culpa, assim como a distúrbios do sono e do apetite. Sua causa orgânica, em linhas gerais, envolve uma falha na produção ou recaptação dos neurotransmissores, o que acaba afetando negativamente a química cerebral.

A depressão masculina também possui um outro agravante: a dificuldade de reconhecer e admitir os sintomas. Devido a diversas amarras culturais, sociais e também ao estigma do transtorno estar relacionado à vulnerabilidade feminina, muitos homens acabam sofrendo silenciosamente e não procuram ajuda. Na maioria das vezes, quando o homem é acometido por uma depressão, não consegue admitir para si mesmo que tem uma fraqueza, muito menos emocional.

Câncer de pulmão

O câncer de pulmão é uma doença que tem relação direta com o tabagismo, e as taxas de fumantes são bem maiores entre os homens do que entre as mulheres no Brasil. As substâncias químicas presentes no cigarro são diretamente responsáveis pelo surgimento da absoluta maioria dos casos desta doença.

O mais curioso é o fato de que essa é uma causa de morte completamente evitável, mas que não parece diminuir significativamente com o passar dos anos, apesar de inúmeras proibições de comercialização e das campanhas governamentais em torno dos malefícios desse vício.

Câncer de próstata

A próstata é uma glândula que só está presente no sexo masculino e o seu câncer é o tipo de tumor mais comum nos homens após os 50 anos. A incidência vem aumentando nas últimas décadas e há um componente genético muito importante no surgimento desse mal.

O mais preocupante é que essa é uma doença sem sintomas na fase inicial. Além disso, sua prevenção se dá por meio do exame de toque, método que ainda sofre muita resistência por conta do preconceito e da falta de informação sobre o tema.

Quando trata-se da saúde da população masculina, a demora do diagnóstico costuma ser um dos maiores agravantes no tratamento. A falta de informação, as barreiras culturais, preconceitos e vergonha ainda afastam os homens dos consultórios médicos. Segundo levantamento recente realizado com pacientes do Centro de Referência da Saúde do Homem, órgão da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, 60% do total de pacientes chegam ao hospital com quadros considerados avançados.

Todos os direitos reservam-se as fontes mencionadas.

Disponível em:

http://www.saude.sp.gov.br/ses/noticias/2012/julho/60-dos-homens-so-vao-ao-medico-ja-com-a-doenca-avancada-aponta-estudo

https://www.hipolabor.com.br/blog/hipolabor-alerta-5-doencas-masculinas-mais-comuns-para-ficar-de-olho/

http://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/saude-do-homem

https://saude.abril.com.br/medicina/pesquisa-mostra-onde-os-homens-pisam-na-bola-com-a-saude/


VOLTAR
© 2020 CETAM Diagnóstico por Imagem
- Todos os direitos Reservados
Desenvolvido por AOX DIGITAL