CETAM – Tomografia e Ressonância
Home | Blog | Por que cuidar da saúde na adolescência?

Por que cuidar da saúde na adolescência?

06 de Maio de 2020

A adolescência é uma fase da vida inundada por transformações. Contudo, para aproveitar esse mundo de novas descobertas, primeiramente é necessário aprender a cuidar de seu próprio bem-estar físico, emocional, psicológico, espiritual e social.

Na leitura a seguir, você compreende um pouco melhor a importância do cuidado com a saúde durante a adolescência. Confira!

O cuidado com a saúde na adolescência

A saúde é um dos direitos fundamentais em nossa sociedade justamente por estar interligada ao direito à vida e à existência digna do ser humano. O artigo 227, da Constituição Federal Brasileira, diz que é dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança, ao adolescente e ao jovem, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária.

Segundo a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), em 2013, 66,7% das pessoas entre 0 e 17 anos fizeram visita anual ao médico. Isso significa que 33% das crianças não foram ao médico. Se falarmos da visita ao dentista o dado é ainda pior, de apenas 43,6%. Apesar do afastamento que ocorre naturalmente entre os adolescentes e a família nesta etapa da vida, pesquisadores analisam a importância de o processo de transição do ser cuidado para o cuidar de si ser incentivado em casa, posto que a família é o primeiro núcleo social do qual o indivíduo faz parte, e no qual as relações estabelecidas são mais fortes.

De acordo com especialistas da área, comportamentos de risco à saúde na adolescência podem ter efeitos duradouros no ciclo de vida levando à morbidade e mortalidade tardias (exemplo: na adolescência podem ter início práticas de abuso de álcool e fumo, o que contribui para o desenvolvimento de diversas doenças crônicas na meia-idade e na velhice). Por outro lado, o desenvolvimento de comportamentos de proteção à saúde na adolescência pode também ter um efeito positivo duradouro nas etapas seguintes da vida.

Quando damos enfoque à manutenção da saúde, reduz-se muito a necessidade futura de tratamento de doenças. E isso é possível com orientações e monitoramento contínuo dos pais. A importância do modelo positivo também é enorme. Pesquisas mostram que famílias que comem bem juntas e se exercitam juntas são mais saudáveis.

No Brasil, considera-se que adolescente tem entre 12 e 18 anos. Isso nos faz pensar em adolescente como não sendo mais criança. Mas vale lembrar que na verdade, o conceito internacional (aceito pela ONU) de criança é de 0 a 18 anos.

Todos os direitos reservam-se as fontes mencionadas.

Disponível em: https://www.saude.gov.br/saude-para-voce/saude-do-adolescente-e-do-jovem, https://emais.estadao.com.br/blogs/bruna-ribeiro/a-crianca-e-o-adolescente-nos-ods-saude-e-bem-estar/, https://riocoaching.com.br/a-importancia-dos-cuidados-com-a-saude-na-adolescencia/.


VOLTAR
© 2020 CETAM Diagnóstico por Imagem
- Todos os direitos Reservados
Desenvolvido por AOX DIGITAL