CETAM – Tomografia e Ressonância
Home | Blog | Por que acontecem a Cãibra e saiba como evitar

Por que acontecem a Cãibra e saiba como evitar

19 de Dezembro de 2019

As cãibras são contrações musculares repentinas e involuntárias. Caso você já tenha acordado no meio da noite, ou até mesmo interrompido alguma atividade por conta das cãibras, entende que elas podem causar dores intensas. Embora não provoquem danos graves, as cãibras podem afetar os movimentos do músculo momentaneamente.

Mesmo não havendo constatações suficientes para comprovar as circunstância que desencadeiam as cãibras, geralmente elas estão associadas a longos períodos de atividades físicas intensas, entretanto, algumas medicações também podem ocasionar os espasmos. Geralmente, as cãibras podem ser cuidadas com tratamentos caseiros básicos.

Sintomas da Cãibra    

A cãibra se manifesta como uma contração dolorosa espontânea, podendo ocorrer em qualquer região do corpo, mas é mais recorrente nas áreas das panturrilhas, tornozelos e pés. Pequenos nódulos também podem ser visíveis no músculo no momento do espasmo.

Causas

Mesmo não havendo nenhum dado preciso, observa-se que diversas circunstâncias podem desencadear a cãibra. Geralmente ela está associada ao despreparo do músculo para atividades físicas intensas, desidratação ou simplesmente longos períodos de contrações musculares em uma mesma posição. Embora sejam geralmente inofensivas, as cãibras podem estar associadas à condições físicas suspeitas, como:

Má circulação sanguínea: A obstrução das artérias que levam o sangue até as pernas, podem causar as dolorosas câimbras no momento da execução de um exercício. É comum que elas desapareçam assim que finaliza-se as atividades físicas.

Compressões nervosas: As compreensões nos nervos da coluna vertebral também podem provocar cãibras nas pernas, tornando-se cada vez mais dolorosas na medida em que você caminha durante o espasmo.

Defasagem de sais minerais: A falta de potássio, cálcio ou magnésio em sua alimentação pode contribuir para o surgimento de cãibras. Atente-se a medicações diuréticas, como as que são frequentemente destinadas ao controle da pressão arterial, pois elas podem reduzir os níveis de sais minerais no organismo.

Fatores de risco

Algumas condições tornam as cãibras mais propensas. Dentre elas, destacam-se:

Faixa etária: O envelhecimento causa perda de massa muscular gradativa, o que pode levar os músculos a uma sobrecarga com maior facilidade.

Desidratação: Atletas que praticam atividades intensas frequentemente e não se hidratam regularmente, também têm maiores chances de ser acometidos por cãibras.

Gestação: Cãibras musculares podem ser frequentes durante a gravidez.

Condições médicas: As chances de se ter cãibras aumentam quando o indivíduo encontra-se em condições médicas mais fragilizadas, como é o caso de diabéticos, pessoas com complicações no fígado e tireoide, por exemplo.

Prevenção

Alguns cuidados podem ser adotados a fim de prevenir as cãibras. São eles:

Beber água: A hidratação correta do organismo auxilia na prevenção dos espasmos musculares, pois facilita a contração e relaxamento do músculo, conservando as células hidratadas e menos propensas a cãibras. Por isso, é importante beber água regularmente antes, durante e depois de exercícios físicos.

Alongamentos: Os alongamentos antes e depois de atividades físicas é extremamente importante para a prevenção das cãibras. Caso você tenha espasmos musculares durante a noite, alongar-se antes de dormir também é uma excelente alternativa para assegurar seu bem-estar.

Todos os direitos se reservam as fontes mencionadas.

Disponível em: https://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/muscle-cramp/symptoms-causes/syc-2035082 ,

https://www.healthlinkbc.ca/health-topics/za1086

https://www.healthline.com/health/charley-horse

https://blog.drconsulta.com/caibra-por-que-acontecem-e-como-evitar/


VOLTAR
© 2020 CETAM Diagnóstico por Imagem
- Todos os direitos Reservados
Desenvolvido por AOX DIGITAL