CETAM – Tomografia e Ressonância
Home | Blog | O que você precisa saber sobre ultrassom na gravidez

O que você precisa saber sobre ultrassom na gravidez

20 de Dezembro de 2020

Exame que identifica a saúde da criança e da mãe, o ultrassom deve ser realizado pelo menos uma vez a cada trimestre.

A ultrassonografia obstétrica é um exame de imagem que vai acompanhar o desenvolvimento da criança e a saúde da gestante. É uma ferramenta que identifica possíveis intercorrências, gestações de risco e auxilia o médico a tomar decisões mais assertivas.

A OMS (Organização Mundial da Saúde) preconiza a realização da ultrassonografia pelo menos uma vez a cada trimestre da gravidez. Quando a gravidez é de risco, o médico pode solicitar que seja feito com maior frequência.

Trata-se de um exame não invasivo, que não utiliza radiação e não provoca dor. Como não utiliza raios-x, não é prejudicial ao bebê.

 

O que o ultrassom identifica?

O ultrassom é um exame de imagem que produz imagens dinâmicas observadas em tempo real de diversas estruturas do corpo humano. Ele permite a análise de órgãos internos, tecidos, rede vascular e fluxo sanguíneo. Por conta disso, ele é utilizado para checar a saúde da gestante e do bebê.

 

Ultrassom detecta gravidez com duas semanas?

O ultrassom consegue identificar uma gestação a partir da 4ª ou 5ª semana. Como o período é calculado com base na data da última menstruação, um atraso de duas semanas pode já permitir identificar o embrião. Contudo, o ideal é que o ultrassom seja feito a partir da 6ª semana de gestação.

 

Ultrassom primeiro trimestre

O primeiro ultrassom é transvaginal e vai avaliar aspectos ligados à viabilidade da gravidez. É nesse momento que o médico descobre se o feto está no útero ou se é uma gravidez ectópica. Também é avaliada se a placenta é normal para continuidade da gravidez, assim como o crescimento e os batimentos cardíacos do bebê.

Também é por meio dessa primeira ultrassonografia que o tempo da gestação é determinado, já que nem sempre ele corresponde ao tempo estimado com base na data da última ovulação.

 

Ultrassom segundo trimestre

Chamado de ultrassom morfológico, o principal foco deste segundo exame é verificar o desenvolvimento da criança. Realizado entre a 18ª e a 24ª semana, ele permite analisar os órgãos e estruturas internas do bebê, que já estão todas formadas.

O ultrassom nessa fase também avalia a saúde da placenta, do colo uterino e as artérias que nutrem o bebê. Tudo isso ajuda o médico a entender se há alguma condição que já indique a necessidade de cesárea, risco de parto prematuro ou mesmo pré-eclâmpsia, uma complicação ligada à pressão arterial elevada.

 

Ultrassom terceiro trimestre

Realizado entre a 32ª e a 36ª semana, ele foca na análise das condições que vão resultar no parto. O médico analisa as condições da placenta e do líquido amniótico, assim como a posição do bebê dentro do útero, permitindo saber se será possível um parto normal ou se a cesárea será necessária.

O exame nessa etapa também analisa o crescimento do bebê, avaliando o peso e altura da criança em relação à idade gestacional.

 

Momento de emoção

O ultrassom é um exame que prioriza o acompanhamento da saúde da mãe e da criança. Contudo, também é um momento de emoção para os pais. É por meio dele que o coração do bebê será ouvido pela primeira vez, o rosto e as mãos serão vistos, além da descoberta do sexo da criança.

 

Fontes:

https://cetamdiagnostico.com.br/exames/ultrassonografia/

https://www.clinicaceu.com.br/blog/ultrassom-na-gravidez-em-cada-trimestre/#:~:text=Terceiro%20trimestre-,Ultrassonografia%20na%20gravidez,e%20outros%20órgãos%20do%20corpo.

https://www.saude.pr.gov.br/sites/default/arquivos_restritos/files/documento/2020-04/ultrassom_pre_natal.pdf


VOLTAR
© 2021 CETAM Diagnóstico por Imagem
- Todos os direitos Reservados
Desenvolvido por AOX DIGITAL